11 abril 2012

Ando como o tempo, marada.

Eu sou maijomenos como os últimos dias, uns dias cheios de sol outros cheios de nuvens, não há coerência nas minhas atitudes, nem nos sentimentos. Foi-se o padrão.

5 comentários:

  1. Assim como o tempo, isso não passa de um ciclo e portanto prepara-te que o verão está a chegar :) A verdade é que com um conceito de padrão tão sobrevalorizado não sei se deverias segui-lo.
    Ao contrário do que o Damásio (professor da Lusófona) dizia, fugir a esse padrão é que nos faz especiais, diferentes, únicos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhh, eu tenho a solução para ti: que tal amanhã ir ter contigo com uma latinha de metal, com a letra H no meio, cheia de coisinhas boas? Vais ver que acabas logo a semana com outro espírito :D

      Eliminar
    2. Amanhã é sexta 13 e estou imprópria para consumo. :) Havemos de combinar.

      Eliminar
  2. Foi-se o padrão e a vontade de escrever no blog... logo agora que eu o descobri. :( Vê se aproveitas um destes chuvosos dias de Verão para escrever ;)

    ResponderEliminar